Receosos com o “aniversário” de 10 anos dos ataques terroristas aos EUA, a população teme novos ataques ao país

11 de Setembro

Receosos com o “aniversário” de 10 anos dos ataques terroristas aos EUA, a população teme novos ataques ao país



11 de Setembro

Próximo dos 10 anos dos atentados as Torrer Gemeas, nos EUA, o governo já sofre com ameaças de ataque ao país. O Departamento de Segurança Interna americano já confirmou a suspeita de ameaças. Segundo uma fonte citada pela TV CNN, autoridades e alguns membros do Congresso estão preocupados e acreditam que será difícil manter a paz nos 10 anos do “11 de Setembro”.

Autoridades anônimas afirmam que os ataques podem acontecer nas cidades de Nova York e Washington, repetindo o episódio de 10 anos atrás. Mas isso não descarta outras regiões do país, que também podem estar ameaçadas. O comunicado do Departamento de Segurança Interna não cita nomes das cidades que podem ser alvos de ataques.


2001

Em 2001, os ataques aos EUA foram realizados por extremistas ligados à rede Al-Qaeda, de Osama Bin Laden. Foram sequestrados quatro aviões. Dois atingiram as Torres Gêmeas do World Trade Center, em New York. Os dois mega edifícios representavam o símbolo econômico dos EUA. Outra aeronave atingiu o Pentágono, em Washington. O quarto e último avião atingiu a cidade de Shanksville, na Pensilvânia. Quase 3 mil pessoas foram mortas no dia 11 de setembro, incluindo estrangeiros que residiam e trabalhavam nos EUA.

Segurança em 2011

O prefeito de New York, Michael Bloomberg, anunciou que a ameaça não foi confirmada, mas que a segurança será intensificada nas principais regiões da cidade, incluindo pontes, túneis e o transporte público da cidade. Serão deslocados recursos adicionais nos próximos dias, sendo que alguns serão notados pela população. Dentre essas “medidas” vão estar incluídas a checagem de bolsas e o aumento no contingente de segurança nos transportes.



O Comissário de Polícia de NY, Raymond Kelly, afirmou que a checagem nas áreas dos metrôs serão intensas até domingo. O Presidente Obama pediu que as autoridades de todos os Estados fiquem atentas e reforcem os cuidados com a segurança.

A rede de TV ABC informou que três pessoas entraram no país em agosto deste ano planejando realizar um ataque ao país. Não foi nada confirmado e nenhuma autoridade confirmou a ameaça.