A explosão de um restaurante na manha de quarta-feira pode ter sido causada por um cigarro

Cigarro pode ser a causa de explosão no Rio

A explosão de um restaurante na manha de quarta-feira pode ter sido causada por um cigarro



Foto por Fábio Motta

Foto por Fábio Motta - AEF

Uma explosão no restaurante Filé Carioca foi causada por um acúmulo de gás, segunda a polícia. Uma testemunha relatou que o acidente foi causado por um cigarro aceso. Três pessoas morreram e 17 ficaram feridas.

Segundo o delegado-adjunto da 5º DP (Centro) do Rio, Antonio Bonfim, o gás vazou ontem, durante o dia todo. Segundo o depoimento de um jornaleiro, um homem havia comprado um maço de cigarros, seguindo em direção ao restaurante, sendo que na mesma hora o local explodiu.


Bonfim ainda disse que é cedo para definir culpados. Doze pessoas já foram ouvidas, entre funcionários e vizinhos. O dono do restaurante, totalmente abalado, foi internado. Ele deve prestar depoimento quando deixar o hospital.

Vítimas

Foi por volta das 7h20 da manhã, n praça Tiradentes, no centro do Rio de Janeiro que a tragéia acontece. Dois dos mortos trabalhavam no local. Antônio Serverino Tavares era o chefe de cozinha do restaurante. Josimar dos Santos Barros era o sushiman. Matheus Maia Macedo, de apenas 19 anos, passava pelo local no momento da explosão e acabou sendo atingido.



A Secretaria Municipal de Saúde afirmou que 4 das 17 pessoas que sofreram com a tragédia permanecem internadas. Três deles estão em estado grave.