A Cultura Indígena Brasileira é bastante rica, tão rica que até hoje alguns costumes ainda são praticados pelos brasileiros, como por exemplo o ato de dormir em redes. Os índios eram e são um povo organizado socialmente e prezavam pela igualdade de direito. Conheça um pouco mais sobre sua cultura neste artigo.

Cultura Indígena

A Cultura Indígena Brasileira é bastante rica, tão rica que até hoje alguns costumes ainda são praticados pelos brasileiros, como por exemplo o ato de dormir em redes. Os índios eram e são um povo organizado socialmente e prezavam pela igualdade de direito. Conheça um pouco mais sobre sua cultura neste artigo.



Os índios que foram encontrados na época das grandes expedições marítimas no atual continente americano, era um povo cheio de cultura e com muitas crenças, o que se perdura até hoje nas poucas comunidades indígenas ainda existentes no Brasil. Na época que o Brasil foi descoberto, os índios eram um povo que apesar de não conhecer a leitura e a escrita, diferentemente dos portugueses, tinham seu próprio modo de organização, bem estruturado, e baseado na divisão igualitária de trabalho

A cultura indígena brasileira era e é ainda tão forte, que práticas ainda são usadas por brasileiros nos dias atuais, como por exemplo o ato de dormir em redes, e de comer certos tipos de alimentos, como a mandioca e o milho.


Os índios organizavam e organizam as tarefas entre eles de forma simples, os homens ficam responsáveis pela pesca, caça e construção, ou seja, o trabalho pesado, as mulheres cuidam da comida e as crianças participam na agricultura.

Quando as suas crenças, os índios acreditam em uma divindade oriunda da Natureza e também possuem relação de crença com seus antepassados. O responsável pelo questão religiosa, dos Índios, em geral, é o Pajé, uma espécie de chefe religioso responsável por transmitir os ensinamentos.



No Brasil ainda existem algumas comunidades indígenas remanescentes, mesmo após serem quase dizimadas por colonizadores, são elas: os Ianomâmins, os Carajás, Guaranis e os Tupis.

Existem cerca de 225 sociedades indígenas distribuídas em todo o território brasileiro, correspondente apenas a 0,25% da população do país.