O Dia da Bandeira é regularizado pelos governos em uma data que marque a criação ou a adaptação da bandeira, aqui no Brasil o Dia da Bandeira é na data…

Dia da Bandeira



O Dia da Bandeira é regularizado pelos governos em uma data que marque a criação ou a adaptação da bandeira, aqui no Brasil o Dia da Bandeira é na data de 19 de novembro, essa foi a data instituida no ano de 1889.

Nessa data ocorrem comemorações cívicas, normalmente acompanhadas do canto do Hino da Bandeira*, a bandeira foi adotada pelo decreto nº 4 no dia 19 de novembro de 1889. Este decreto foi preparado por Benjamin Constant, membro do governo provisório.


Curiosidades sobre a bandeira brasileira:

– Caso a bandeira seja hasteada durante a noite, deve ser iluminada.



– Quando várias bandeiras são hasteadas em nosso país, a brasileira deve ser a primeira a chegar no topo do mastro e a última a descer.

– Quando uma bandeira brasileira fica velha, suja ou rasgada, deve ser imediatamente substituída por uma nova. A bandeira velha deve ser recolhida a uma unidade militar, que providenciará a queima da mesma no dia 19 de novembro.

*Hino da Bandeira:


I.

Salve lindo pendão da esperança!

Salve símbolo augusto da paz!

Tua nobre presença à lembrança

A grandeza da Pátria nos traz.

Refrão:

Recebe o afeto que se encerra

em nosso peito juvenil,

Querido símbolo da terra,

Da amada terra do Brasil!

II.

Em teu seio formoso retratas

Este céu de puríssimo azul,

A verdura sem par destas matas,

E o esplendor do Cruzeiro do Sul.

Refrão:

Recebe o afeto que se encerra

Em nosso peito juvenil,

Querido símbolo da terra,

Da amada terra do Brasil!

III.

Contemplando o teu vulto sagrado,

Compreendemos o nosso dever,

E o Brasil por seus filhos amado,

poderoso e feliz há de ser!

Refrão:

Recebe o afeto que se encerra

Em nosso peito juvenil,

Querido símbolo da terra,

Da amada terra do Brasil!

IV.

Sobre a imensa Nação Brasileira,

Nos momentos de festa ou de dor,

Paira sempre, sagrada bandeira

Pavilhão da justiça e do amor!

Refrão:

Recebe o afeto que se encerra

Em nosso peito juvenil,

Querido símbolo da terra,

Da amada terra do Brasil!