Doença de Chagas - Causas, Sintomas e Tratamentos

A Doença de Chagas é transmitida através do inseto conhecido como barbeiro, ela é muito presente nos países da América do Sul, e chama muita atenção até hoje por conta do que ela pode afetar no organismo humano. Este artigo mostra as principais causas, os sintomas e tratamentos para a doença.

Atualizado em
Doença de Chagas

A Doença de Chagas, também conhecida como , O Mal de chagas, tem seu nome em homenagem ao primeiro pesquisador que descreveu a doença em 1909l, Carlos Chagas. A doença tem origem infecciosa e é transmitida por um hospedeiro intermediário, o inseto conhecido popularmente como barbeiro, o qual se alimenta de sangue de animais vertebrados, incluindo o de humanos.

Quando o inseto suga o sangue contaminado de algum animal que esteja contaminado, ele contrai a doença de forma passiva, carregando consigo o protozoário da doenças, o Tripanosoma Cruzi. Portanto, o animal se torna transmissor da doença em seres humanos.

Outra forma de contaminação da doença é através da transfusão de sangue ou durante a gravidez quando a mulher infectada transmite a doença ao filho. Ou ainda pela ingestão do animal em sua forma moída de forma acidental.

Causas

As causas da doença ainda está associado muito a questão sanitário e geográfica.Como a doença é transmitida na maioria dos casos através do inseto barbeiro, existem alguns fatores que facilitam a transmissão da doença. Tais como:

  • Pobreza;
  • Morar em locais onde a incidência do inseto seja grande, em comum a América do Sul e Central;

Sintomas

Os sintomas da Doença de Chagas ainda são um problema, pois em certos casos a doença pode ser até assintomática, levando um bom tempo para se manifestar, mas geralmente, no inicio da doença há febre, dor ganglionar, falta de apetite e mal-estar, também pode ocorrer inchaço ocular e aumento do fígado ou baço.

Em fases mais avançadas:

  • pode provocar o aumento de órgãos de forma irreversível (principalmente coração e cérebro)
  • comprometimento da digestão

Tratamentos

Os tratamentos são bastante satisfatórios quando feito na fase aguda da doença, quando o protozoário ainda está presente no sangue. Nos casos crônicos, nos mais avançados, só pode se fazer o controle dos sintomas para que não tenha mais complicações.

Quando é diagnosticado no início da doença, medicamentos costumam ser indicados, apesar dos muitos efeitos colaterais e pouca tolerância por adultos: o Benzonidazol e o Nifurtimox.