A eleição de Papa é realizado de forma direta e secreta, pelo Colégio de Cardeais. O processo é chamado de Conclave.

Como é Feita a Escolha do Papa

A eleição de Papa é realizado de forma direta e secreta, pelo Colégio de Cardeais. O processo é chamado de Conclave.



vaticano

O maior “cargo” da Igreja Católica Apostólica Romana é o Papa, é superior aos bispos. É o papa quem legisla a Igreja, através de Decretais, Bulas e Encíclicas. São três funções, Chefe da Igreja, é bispo de Roma e o chefe de Estado do Vaticano.

O cargo é vitalício, somente é feita a escolha de outro Papa quando o atual morre, ou por algum motivo renuncia. Isso ocorreu em 2005, quando João Paulo II faleceu, e Bento XVI foi escolhido. Agora isso vai ocorrer mais uma vez, já que Bento XVI renunciou o cargo.


Eleição

papa-bento-16A eleição é feita de forma direta, pelo Colégio de Cardeais, formados por cardeais de vários países, mais de 100 cardeais, todos com menos de 80 anos de idade. O processo chama-se Conclave, é feito de portas fechadas e de forma secreta.

Cada cardeal realiza seu voto secreto na capela Sistina, em uma cédula. Depois são queimadas com um produto químico que produz fumaça branca ou cinza, essa fumaça sai pela chaminé da capela de São Pedro. Durante o processo de votação a fumaça expelida é cinza.



O candidato a Papa que obter dois terços dos votos é eleito, caso isso não aconteça no primeiro dia de votação, os cardeais realizam mais um dia de votação, até que um receba a maioria de dois terços dos votos. Depois de todas as cédulas serem contabilizadas, e o novo papa ser eleito, a fumaça branca é expelida e todos sabem que o novo Papa foi escolhido. Um cardeal declara Habemus Papam no balcão do Vaticano.