A Embolia Pulmonar pode causar o entupimento total das artérias pulmonares, podendo ocasionar até mesmo a morte. Ela é causada por coágulos formados no nosso próprio organismo.

Embolia Pulmonar

A Embolia Pulmonar pode causar o entupimento total das artérias pulmonares, podendo ocasionar até mesmo a morte. Ela é causada por coágulos formados no nosso próprio organismo.



Nosso corpo é uma complexa máquina, que possui diversos setores responsáveis por realizar tarefas voluntárias e involuntárias. E para que tudo continue sempre bem, é muito importante termos sempre cuidados com a saúde, quase sempre de forma preventiva, evitando assim complicações que possam levar a sequelas ou até mesmo a morte.

São várias as doenças que podemos ter durante nossa vida, podem ser contraídas de várias formas, e levam sempre algum tempo para que o corpo obtenha a cura por completo. Algumas vezes podemos ter complicações causadas pelo nosso próprio organismo, como por exemplo a Embolia Pulmonar.


O que é?

A Embolia Pulmonar é uma obstrução das artérias dos pulmões, que interrompem parcialmente ou completamente, a circulação pulmonar. A obstrução tem como causa coágulos, que na maioria das vezes são formados nas veias maiores da perna ou da pélvis.

[youtube]kO-qvHq6yqc[/youtube]



A gravidade está relacionada com o tamanho do êmbolo, já que quanto maior, pode interromper mais facilmente as artérias dos pulmões por completo, podendo causar até mesmo a morte.

Diagnóstico

O diagnóstico inicia-se com o levantamento do histórico clínico e fatores de riscos do paciente. E com o auxílio de exames de imagem e de laboratório, para medição do nível de oxigênio, para a verificação da ventilação pulmonar. Dessa forma o quadro pode ser detectado e tratado.

A radiografia de tórax e o eletrocardiograma são inespecíficos para o caso, mas podem indicar discretas alterações provocadas pela embolia pulmonar.


Prevenção

A utilização de medicamentos anticoagulantes e trombolíticos é indicada para pacientes que já tenham o quadro de risco, além do uso de meias elásticas. É essencial também o reinício da prática de atividades físicas e realizar exercícios para movimentar as pernas, após um período de grande imobilidade das pernas.

Para uma vida saudável, devemos seguir sempre recomendações médicas, como procurar manter o peso ideal para nossa altura e idade, realizar atividades físicas constantemente, informar sempre ao médico quando sentir algo diferente e ter uma alimentação balanceada e saudável.