Fluconazol - Remédio para Candidíase

Saiba mais informações sobre o remédio e como ele deve ser usado

Atualizado em

Fluconazol

O Fluconazol 150 é um remédio de uso adulto e via oral. Ele possui 150 mg em embalagens contendo 1 ou 2 cápsulas. Cada uma dessas cápsulas de Zoltec é igual a 150 mg de fluconazol. O remédio possui na sua fórmula a lactose, amido de milho, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio e laurilsulfato de sódio.

Indicação

Esse medicamento é indicado para pacientes que estão tratando a candidíase vaginal aguda e recorrente e balanites por Candida, bem como profilaxia para reduzir a incidência de candidíase vaginal recorrente. O remédio também é usado contra dermatomicoses (Tiea pedis, Tinea corporis, Tinea cruris, Tinea unguium [onicomicose]) e infecções por Candida.

Contraindicações

Pacientes que possuem sensibilidade ao fármaco, os compostos azólicos ou qualquer componente da fórmula do remédio devem evitar o uso do mesmo. O Fluconazol vem sido associado a alguns casos raros de toxicidade hepática grave, levando ao óbito. O medicamento deve ser suspenso caso apareça sinais clínicos ou sintomas relacionados ao desenvolvimento de danos hepáticos.

Pacientes com AIDS correm mais risco a desenvolver reações cutâneas graves. Não é recomendado também o uso do Fluconazol em crianças, nem para o tratamento da candidíase vaginal.

Grávidas podem utilizar o remédio?

Não existe nenhum estudo que proíbe o uso do Fluconazol em mulheres grávidas. O que temos são relatos de anormalidades múltiplas congênitas em crianças cujas mães utilizaram coccidioidomicose, com doses de 400-800 mg/dia, ou seja, altas.

Posologia

Cada cápsula de Zoltec 150 mg contém o equivalente a 150 mg de fluconazol. Para dermatomicoses, incluindo tinha do corpo, do pé, crural e infecções por Candida, deve ser administrada 1 dose oral única semanal de Zoltec 150 mg (fluconazol). A duração do tratamento geralmente é de 2 a 4 semanas, mas nos casos de Tinea pedis poderá ser necessário um tratamento de até 6 semanas. Para tinha ungueal (onicomicoses), é recomendada 1 dose única semanal de Zoltec 150 mg. O tratamento deve ser continuado até que a unha infectada seja totalmente substituída pelo crescimento. A substituição das unhas das mãos pode levar de 3 a 6 meses e a dos pés de 6 a 12 meses. Entretanto, a velocidade de crescimento das unhas está sujeita a uma grande variação individual e de acordo com a idade. Após um tratamento eficaz de longa duração de infecções crônicas, as unhas podem, ocasionalmente, permanecer deformadas.

Para o tratamento de candidíase vaginal, deve ser administrada 1 dose única oral de Zoltec 150 mg. Para reduzir a incidência de candidíase vaginal recorrente, deve-se utilizar dose única mensal de Zoltec 150 mg. A duração do tratamento deve ser individualizada, mas varia de 4 a 12 meses. Algumas pacientes podem necessitar de um regime de dose mais freqüente. Para balanite por Candida, deve ser administrada 1 dose única oral de Zoltec 150 mg. Uso em Idosos Dose única de Zoltec 150 mg não é recomendado para pacientes acima de 60 anos de idade, exceto sob supervisão médica.

Quando não houver evidências de insuficiência renal, deve ser adotada a dose normal recomendada. Em pacientes com insuficiência renal (clearance de creatinina menor ou igual a 50 mL/min), a dose deve ser ajustada conforme descrito a seguir. Uso em Pacientes com Insuficiência Renal Zoltec 150 mg é excretado predominantemente de forma inalterada na urina. Não são necessários ajustes na terapia com dose única ou com dose única semanal deste fármaco.

Em pacientes com insuficiência renal que utilizarão doses múltiplas de fluconazol, uma dose inicial de 50 mg a 400 mg pode ser adotada. Após a dose inicial, a dose diária (de acordo com a indicação) deve estar baseada na tabela a seguir: Clearance de creatinina (mL/min) Porcentagem de dose recomendada > 50 100% menor ou igual a 50 (sem diálise) 50% pacientes submetidos à diálise regularmente 100% da dose após cada diálise Dose Omitida Caso o paciente esqueça de utilizar Zoltec 150 mg no horário estabelecido, ele deve fazê-lo assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de administrar a próxima dose, o paciente deve desconsiderar a dose esquecida e administrar apenas a próxima. Neste caso, o paciente não deve utilizar a dose duplicada para compensar a dose esquecida. O esquecimento da dose pode comprometer a eficácia do tratamento.

Lembre-se: O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente, entre 15 e 30ºC. Mantenha o frasco protegido da luz e da umidade e fique atento ao prazo de validade do remédio que, geralmente, vem do lado externo da embalagem.

Fonte: Medicinanet