Getúlio Vargas foi o presidente que por mais tempo teve o governo em suas mãos, teve como característica marcante em seu governo as realizações de cunho trabalhista e a implementação de governo ditatorial. Confira mais sobre o governo de Getúlio Vargas.

Governo de Getúlio Vargas

Getúlio Vargas foi o presidente que por mais tempo teve o governo em suas mãos, teve como característica marcante em seu governo as realizações de cunho trabalhista e a implementação de governo ditatorial. Confira mais sobre o governo de Getúlio Vargas.



Getúlio Dornelles Vargas, conhecido popularmente apenas como Getúlio Vargas, nascido em 19 de maio de 1882, na cidade de São Borja (RS)  vindo a falecer em 24 de agosto de 1954, na cidade do Rio de Janeiro (RJ). Foi o presidente do Brasil que mais tempo governou o país, durante dois mandatos. O governo de Getúlio Vargas teve duração de dezoito anos, entre os anos de 1930 a 1945 e de 1951 a 1954. Entre 1937 e 1945 foi responsável pela instalação da fase de ditadura, também chamado de Estado Novo.

Getúlio Vargas tomou posse do poder no ano de 1930, após comandar a Revolução de 1930, derrubando o governo de Washington Luís. Os quinze anos de governo posteriores, ficou caracterizado pelo nacionalismo e o populismo. Os principais acontecimentos do seu governo foi a promulgação da Constituição de 1934, o fechamento do Congresso Nacional em 1937 com a instalação do Estado Novo passando a governar com poderes ditatoriais. Sua forma de governo passa a ter característica centralizadora e controladora. Criou o DIP ( Departamento de Imprensa e Propaganda ) para controlar e censurar manifestações contrárias ao seu governo.
Perseguiu opositores políticos, principalmente partidários do comunismo. Tendo como consequência direta da perseguição aos comunistas o enviou Olga Benário , esposa do líder comunista Luis Carlos Prestes, para o governo nazista, onde lá fora mantida como prisioneira.


Realizações no seu Governo

  • Vargas criou a  Justiça do Trabalho (1939)
  • instituiu o salário mínimo
  • Consolidação das Leis do Trabalho também conhecida por CLT
  • Os direitos trabalhistas também são frutos de seu governo: carteira profissional, semana de trabalho de 48 horas e as férias remuneradas.
  • GV investiu muito na área de infraestrutura, criando a Companhia Siderúrgica Nacional (1940), a Vale do Rio Doce (1942), e a Hidrelétrica do Vale do São Francisco (1945).
  • Em 1938, criou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Carreira Política 

  • 1909 – eleito deputado estadual no Rio Grande do Sul
  • 1913 – reeleito deputado estadual (renunciou no mesmo ano)
  • 1917 – retornou à Assembléia Legislativa
  • 1919 e 1921 – reeleito deputado estadual
  • 1924 a 1926 – deputado federal
  • 1926 a 1927 – Ministro da Fazenda
  • 1928 a 1930 – Governador do Rio Grande do Sul
  • 1930 a 1945 – Presidente do Brasil
  • 1951 a 1954 – Presidente do Brasil