O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado como referência para reajustes em contratos de aluguel. Confira o IGP-M de 2011.

IGP-M 2011

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado como referência para reajustes em contratos de aluguel. Confira o IGP-M de 2011.



IGP -M 2011

O IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) é calculado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), sua coleta de dados é efetuada entre o dia 21 do mes anterior ao dia 20 do mes de referência. É formado por três taxas: Índice de Preços por Atacado que corresponde a 60% do IGP-M, Índice de Preços ao Consumidor  que responde por 40% do IGP-M total, e o Índice Nacional de Custo da Construção que é 10% do IGP-M.

A cada decêndio do período de coleta ocorrem divulgações de prévias. O IGP-M foi criado com o objetivo de se possuir um indicador confiável para as operações financeiras, especialmente as de longo prazo, sendo utilizado para correções de Notas do Tesouro Nacional dos tipos B e C e para os CDB pós fixados com prazos acima de um ano.


Cálculo do IGPM

O cálculo do IGPM é feita considerando-se as mesmas variações do IGPDI, o Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna. Assim, a fórmula não é tão complicada, porém o cálculo deve ser feito diversas vezes durante o mês para que se chegue próximo da realidade.

Dentro da fórmula do IGPM está o IPA, Índice de Preços por Atacado, que tem peso de 60%. Compõem o IGPM também o Índice de Preços ao Consumidor , cujo valor é de 30%. E os 10% restantes ficam a encargo do Índice Nacional de Custo de Construção.



A partir de uma média ponderada, portanto, pode-se chegar ao valor do IGPM, que é o mesmo para todos os brasileiros.

Cálculo do IGPM 2011http://www.portalbrasil.net/igpm.htm

IGP-M 2011 Janeiro

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou, em janeiro de 2011, variação de 0,37%, abaixo do resultado de dezembro, de 0,59%. Dois dos três grupos componentes do índice apresentaram aceleração: Materiais e Equipamentos, de 0,09% para 0,22%, e Serviços, de 0,25% para 1,21%. Já o índice relativo ao grupo Mão de Obra passou de 1,08%, no mês anterior, para 0,32%, nesta apuração.

 

IGP-M 2011 Fevereiro

O Índice Geral de Preços -Mercado (IGP-M) registrou, em fevereiro, variação de 1,00%. No mês anterior, a taxa foi de 0,79%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias na passagem de janeiro para fevereiro: IPA, de 0,76% para 1,20%, IPC, de 1,08% para 0,67%, e INCC, de 0,37% para 0,39%.

IGP-M 2011 Março

O Índice Geral de Preços — Mercado (IGP-M) registrou, em março, variação de 0,62%. No mês anterior, a taxa foi de 1,00%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem de fevereiro para março: IPA, de 1,20% para 0,65%, IPC, de 0,67% para 0,62%, e INCC, de 0,39% para 0,44%.

 IGP-M 2011 Abril

O Índice Geral de Preços — Mercado (IGP-M) registrou, em abril, variação de 0,45%. No mês anterior, a taxa foi de 0,62%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem de março para abril: IPA, de 0,65% para 0,29%, IPC, de 0,62% para 0,78 %, e INCC, de 0,44% para 0,75%.

IGP-M 2011 Maio

O Índice Geral de Preços — Mercado (IGP-M) registrou, em maio, variação de 0,43%. No mês anterior, a taxa foi de 0,45%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem de abril para maio: IPA, de 0,29% para 0,03%, IPC, de 0,78% para 0,90 %, e INCC, de 0,75% para 2,03%.

IGP-M 2011 Junho

O Índice Geral de Preços — Mercado (IGP-M) registrou, em junho, variação de -0,18%. No mês anterior, a taxa foi de 0,43%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem de maio para junho: IPA, de 0,03% para -0,45%, IPC, de 0,90% para -0,12%, e INCC, de 2,03% para 1,43%.