O vocalista da banda de punk rock, Ratos de Porão, criticou os organizadores do Rock in Rio e pediu mais respeito com as bandas nacionais

João Gordo critica Rock in Rio

O vocalista da banda de punk rock, Ratos de Porão, criticou os organizadores do Rock in Rio e pediu mais respeito com as bandas nacionais



João Gordo

O vocalista da banda Ratos de Porão criticou a organização do Rock in Rio em uma entrevista ao vivo para o Multishow. Depois de pedir mais respeito as bandas nacionais, durante a apresentação do Korzus no palco Sunset, João Gordo criticou a escalação de bandas para o festival. A repórter, Érika Mader tentou desfarçar e mudar o rumo da entrevista, mas não deu certo.

“Essas decisões aqui no Brasil estão na mão de poucos, só tocam as bandas ruins. A programação está um lixo. Só assim mesmo, como favor de banda amiga, pra eu tocar aqui. Por merecimento, o Ratos de Porão toca na Polônia, Na República Tcheca… Aqui não. Se a gente fosse argentino seria diferente, lá eles prestigiam as bandas nacionais. Aqui fica essa história de pagar pau pra gringo”, desabafou o vocalista e ex-VJ da MTV.


Apresentação

Durante a participação especial de João Gordo com a banda Korzus, o vocalista do Ratos de Porão teve que aguentar as críticas de algumas pessoas do público. O convidado pediu mais respeito com as bandas de rock nacional, mas nem assim escapou de alguns comentários maldosos.

Depois da reclamação, muitos olharam para João Gordo com desdém, já que o vocalista, além de se tornar VJ da MTV, agora trabalha para a TV Record, do bispo Edir Macedo.



Um rapaz da plateia não se conteve e gritou “Traidor do movimento!”, mas foi ignorado pelo vocalista do Ratos de Porão.

Korzus

O show teve vários momentos especiais, mas o que mais chamou a atenção foi o pedido do líder da banda, Marcello Pompeu, para que o público o ajudasse a cantar o Hino Nacional.

“Não tem nada a ver com política, é que o povo brasileiro é foda pra caralho”, disse o vocalista.