Um dos maiores esquemas de corrupção já descobertos, esse foi o Mensalão, depois de sete anos seu julgamento vai acontecer, serão trinta e oito réus julgados, acompanhe tudo.

Julgamento do Mensalão

Um dos maiores esquemas de corrupção já descobertos, esse foi o Mensalão, depois de sete anos seu julgamento vai acontecer, serão trinta e oito réus julgados, acompanhe tudo.



Cada vez mais casos de corrupção são descobertos em todas as esferas da política nacional, um dos esquemas que tomou maior proporção nos últimos tempos foi o Mensalão. Em 2005, o então deputado federal Roberto Jefferson divulgou informações de um esquema de recebimento de dinheiro para favorecer o PT (Partido Trabalhista) nas votações da câmara, divulgou gravações e fotos de todo o esquema, que envolvia dezenas de políticos e funcionários públicos.

Com essas denúncias a Polícia Federal começou uma investigação, que resultou na descoberta de participação de Daniel Dantas, Marcos Valério, escândalos envolvendo o Banco do brasil, o Plano Safra Legal, Fundos de Pensão, tudo tinha envolvimento direta ou indiretamente com o PT.


[youtube]qkuGOkhTFnQ[/youtube]

Após a descoberta de todo o esquema, todos os envolvidos foram acusados e agora em 2012 vão ser julgados.



Julgamento do Mensalão

O Julgamento do Mensalão teve início na quinta (02/08), e poderá durar até dois meses, serão 38 réus julgados. Acompanhe tudo através da TV Justiça, que transmite AO VIVO todo o julgamento.

TV Justiça – Ao Vivo

[youtube]_40YW4ezZOk[/youtube]

Estão entre os réus:


  • Anderson Adauto: ex-Ministro dos Transportes, acusado de lavagem de dinheiro e corrupção ativa;
  • Anita Leocádia: ex-assessora de Paulo Rocha acusada de lavagem de dinheiro;
  • Antônio Lamas: ex-assessor do PL acusado de formação de quadrilha e  lavagem de dinheiro;
  • Ayanna Tenório: ex-executiva do Banco Rural acusada de gestão fraudulenta, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro;
  • Bispo Rodrigues: ex-deputado do PL acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva;
  • Breno Fischberg: ex-sócio da Bônus Banval acusado de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro;
  • Carlos Alberto Quaglia: ex-sócio da Natimar acusado de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro;
  • Cristiano Paz: ex-sócio de Marcos Valério acusado de lavagem de dinheiro, corrupção ativa, evasão de divisas, peculato e formação de quadrilha;
  • Delúbio Soares: ex-tesoureiro nacional do PT acusado de formação de quadrilha e corrupção ativa;
  • Duda Mendonça: publicitário que fez a campanha presidencial de Lula em 2002 acusado de evasão de divisas lavagem de dinheiro;
  • Henrique Pizzolato: ex-diretor do Banco do Brasil acusado de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro;
  • João Magno: ex-deputado do PT acusado de lavagem de dinheiro;
  • João Paulo Cunha: ex-presidente da Câmara dos Deputados e ex-deputado federal do PT  acusado de peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro;
  • José Dirceu: ex-presidente do PT e ex-ministro da Casa Civil acusado de corrupção ativa e formação de quadrilha;
  • José Genuíno: ex-presidente do PT acusado de corrupção ativa e formação de quadrilha;
  • Luiz Gushiken: ex-ministro da Secretaria de Comunicação acusado de peculato;
  • Marcos Valério: ex-sócio de agências de publicidade acusado de  peculato, formação de quadrilha, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.
  • Paulo Rocha: ex-deputado do PT acusado de lavagem de dinheiro;
  • Roberto Jefferson: ex-presidente nacional do PTB e ex-deputado federal foi o pivô do Mensalão e é acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passava;
  • Romeu Queiroz: ex-deputado do PTB acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva;
  • Valdemar Costa Neto: ex-presidente nacional do PL e ex-deputado federal acusado de lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e corrupção passiva;
  • Zilmar Fernandes: ex-sócia de Duda Mendonça acusada de evasão de divisas e lavagem de dinheiro;

E vários outros.

Entenda o significado das acusações

  • Corrupção ativa: oferecer de forma ilícita dinheiro em troca de benefícios;
  • Corrupção passiva: aceitar beneficiar alguém de forma ilícita por dinheiro;
  • Evasão de divisas: ato de enviar dinheiro para o exterior sem declarar ou pagar impostos;
  • Gestão Fraudulenta: administrar uma instituição cometendo atos ilegais;
  • Lavagem de dinheiro: esconder a origem ilícita de bens e dinheiro;
  • Peculato: ato praticado por funcionário público que se apropria de bens ou dinheiro (público ou particular) do qual disponha em razão do cargo ou desviá-lo para proveito próprio;