Resumo da Lei Áurea | Abolição da Escravatura

Atualizado em

Lei Áurea

Após o Brasil ser colonizado, os portugueses precisavam de mão-de-obra para empregar nas lavouras. Primeiro eles tentaram os índios, porém muitas barreiras foram encontradas, então os portugueses copiaram o que era feito em outros países da Europa, começaram a escravizar negros africanos.

Os escravos vinham para Europa de navios, muitos escravos juntos, trancados em porões, passando fome, sendo assim muitos morriam durante a travessia da África para Europa. O começo do fim da escravidão foi a partir de 1870, quando a região sul começou a empregar brasileiros e imigrantes estrangeiros. O governo da Inglaterra foi muito pressionado para acabar com a escravidão, porém naquela época, os grandes proprietários eram contra o fim da escravidão, visto que, se a escravidão acabasse o prejuízo para os proprietários seria imenso.

Para acabar com escravidão foram vários anos de luta, o primeiro passo foi dado em 1850, com a extinção do tráfico negreiro. Em 1871 foi declarada a Lei do Ventre-Livre, que tornava livre os filhos dos escravos nascidos após a aprovação da lei. Em 1885, foi aprovada a lei dos sexagenários, que visava beneficiar os negros com mais de 65 anos. E em 1888, exatamente em 13 de maio, a princesa Isabel assinou a Lei Áurea, que aboliu a escravidão, dando assim total liberdade para negros.