Saiba um pouco mais sobre o Linfoma de células T Angioimunoblástico, câncer detectado no ator Reinaldo Gianecchini

Linfoma T Angioimunoblástico

Saiba um pouco mais sobre o Linfoma de células T Angioimunoblástico, câncer detectado no ator Reinaldo Gianecchini



Reynaldo Gianecchini

Na semana passada muitos fãs ficaram surpresos e tristes com o resultado dos exames de Reinaldo Gianecchini. O câncer detectado no ator é considerado raro e de difícil tratamento. O Linfoma T Angioimunoblástico é tratado com longas seções de quimioterapia intensiva.

A doença é identificada por alterações genéticas nos linfócitos T, células responsáveis pela defesa do organismo contra diversas infecções. Os sintomas geralmente aparecem através de febre, perda de peso, rachaduras na pele e níveis elevados de anticorpos no sangue, chamados de gamaglobulinas.


Esse tipo de câncer é um dos 50 subtipos do linfoma não Hodgkin e é considerado raro, pois aparece apenas em 10% dos pacientes com esse tipo de linfoma. A grande maioria é diagnosticada com o Hodgkin tipo B, considerados mais simples. O tipo T de Reinaldo é muito mais complicado. A idade, o lugar onde está localizado o tumor e o estágio da doença é fundamental para as chances de cura.