Quem foi Martin Luther King

Um símbolo da luta pacífica pela igualdade de direitos entre brancos e negros, além de ter combatido a pobreza e a guerra.

Atualizado em

Martin Luther King

Sabemos que até hoje o preconceito racial e econômico existe, as políticas públicas e a educação da sociedade é bem mais favorável a igualdade racial, porém sabemos quem nem sempre foi assim. A muitos anos atrás, os brancos e negros eram divididos como raças distintas, onde a sociedade branca não queria que os negros estivessem entre eles.

Diversas figuras foram importantes na tentativa de mudar essa realidade, influências regionais, nacionais e mundiais na luta pela igualdade de direitos e contra o preconceito racial. Viveu nos Estados Unidos um homem que conseguiu marcar essa luta, de forma pacífica. Martin Luther King Jr foi um ativista político estadunidense e pastor protestante, nasceu em 15 de janeiro de 1929, em Atlanta. Sua atuação foi fundamental para que ocorressem mudanças na legislação segregacionista dos Estados Unidos nas décadas de 1950 e 1960. Dando espaço a leis mais igualitárias e justas.

** Para selecionar a legenda do vídeo clique em CC e escolha o idioma Português.

Luther King tornou-se um ativista dos direitos civis, liderou em 1955 o movimento de boicote aos ônibus de Montgomery, após uma mulher negra ser obrigada a dar lugar a um homem branco (tudo apenas por causa da cor), fundou em 1957 a Conferência da Liderança Cristã do Sul. Reuniu milhares de pessoas ao seu lado a favor da luta pela igualdade civil entre brancos e negros.

Seu discurso mais conhecido foi "I Have a Dream" (Eu tenho um sonho), durante a Marcha de Washington por Empregos e Liberdade em 1963. King também recebeu o Prêmio Nobel da Paz, em 1964, por seu incansável combate à desigualdade racial.

Anos antes de sua morte, Martin Luther King expandiu sua atenção também a Guerra do Vietnã e a pobreza. Luther King foi assassinado em 4 de abril de 1968, no Tennessee. Mesmo depois de morto, ganhou ainda em 1977 uma Medalha Presidencial da Liberdade e em 2004 uma Medalha de Ouro do Congresso.

Em 1986 o dia da morte de Martin Luther King se tornou feriado nacional nos Estados Unidos, além de várias ruas terem recebido o seu nome. Apesar de sua atuação ter sido nos Estados Unidos, Martin Luther King ficou conhecido em todo o mundo como um símbolo de luta pacífica pelos direitos iguais a todos.