Como fazer massagem erótica

Saiba como fazer uma massagem erótica para apimentar a relação e deixar seu parceiro (a) bastante surpreso.

Atualizado em
Atualizado em

Massagem Erótica

Os casais sempre estão dispostos a tentar apimentar a relação, e usam de diversos artifícios para conseguir tal façanha. A massagem erótica é um desses artifícios, e aprender como fazer pode ser uma poderosa ferramenta entre quatro paredes.

A algum tempo atrás a maior procura em aprender a técnica de como fazer massagem erótica eram das mulheres, porém, com a quebra do preconceito e a mudança do pensamento do homem, em querer agradar ao máximo sua parceira, fizeram com que o sexo masculino também procurasse aprender como fazer tal massagem.

Como Fazer

A massagem erótica pode se tornar algo simples de se fazer, dependendo da prática que a pessoa adquire com o tempo. Abaixo será mostrado o passo a passo de como fazer massagem erótica para que você surpreenda seu parceiro(a), segue abaixo:

O que é Preciso

  • Para fazê-la você precisa apenas de creme ou óleo aromático, velas para esquentar o ambiente, uma música que agrade os dois, pétalas de rosa se preferir um clima mais romântico, lingerie sensual e principalmente o desejo de sentir e dar prazer.

Passo a Passo

  • Começar pelos ombros é uma forma de deixar seu parceiro mais “descansado”, afinal, é nos ombros que fica a maioria das tensões do dia-a-dia. Os pés também são outro ponto podem causar relaxamento por meio da massagem.
  • Depois de deixá-lo totalmente relaxado, os outros pontos para massagem vão de sua escolha. Você pode massagear áreas próximas à virilha e outras zonas erógenas para deixar seu parceiro ainda mais animado.
  • A massagem erótica pode incrementar e fazer parte das preliminares, tornando este momento ainda mais sensual. Se você e seu parceiro nunca fizeram uma massagem erótica, dê o primeiro passo e presenteie-o com uma. Mostre a ele que você também tem interesse em receber uma massagem e ambos vão se beneficiar dessa maravilha.
Até o momento temos X comentários no Facebook