Um dos maiores educadores do Brasil deixou um legado muito importante para a educação do país

Método Paulo Freire de Alfabetização

Um dos maiores educadores do Brasil deixou um legado muito importante para a educação do país



Paulo Freire

Um dos mais renomados educadores brasileiros, Paulo Reglus Neves Freire, nunca aprovou as práticas educacionais do país. Freire sempre acreditou que o educar é complementar e incluir ideias. Segundo ele, alfabetização deveria ser sinônima de reflexão, argumentação e politização.

Ao pensar na alfabetização, Paulo freire considerou a ausência e a falta de sentido presentes nas lições e nos deveres escolares. Sem práticas “adequadas”, a metodologia de ensino de Freire foi iniciada com pesquisas em campo. Através dela, ele chegou a conclusão de que os métodos e os materiais didáticos utilizados desmotivavam os alunos, que demoram a aprender o que é ensinado e acabam desistindo dos estudos.


Após esta conclusão, o educador elaborou uma cartilha, montou uma equipe e desafiou o sistema de ensino brasileiro. Para que os professores fizessem o seu trabalho adequadamente, era necessário ouvir os alunos e através das experiências deles, elaborar um roteiro de aprendizagem. Promover a reflexão do aluno era criar os “círculos de cultura” – nomenclatura utilizada por Paulo Freire para apresentar o método.

O Resultado foi positivo e os alunos foram alfabetizados em pouco tempo. Depois dessa descoberta, novas cartilhas que estimulavam o método foram produzidas. Elas estimulavam o pensar crítico do educando.



Freire foi exilado por vários anos. Isso impediu que o educador continuasse lutando por uma educação melhor do Brasil. Ao retornar ao Brasil, Paulo deu continuidade ao projeto r transformou a alfabetização de muitos oprimidos pelo sistema nacional.