Veja o que mudou com o novo padrão de plugin de tomada no Brasil

Novo Padrão de Tomadas

Veja o que mudou com o novo padrão de plugin de tomada no Brasil



Novas Tomadas

Desde o dia 1º de Julho deste ano foi adotado um novo padrão de tomadas no Brasil. Os modelos de possuem dois ou três pinos redondos e foram desenvolvidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Mesmo pegos de surpresa, a adequação já acontece desde março do ano 2000.

Segundo o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), o terceiro pino foi feito como fio terá. Esse tipo de pino estará presente em aparelhos que correm o risco de curto-circuito ou provocam choques, como geladeiras, maquinas de lavar roupa ou microondas.


O que mudou? Tire suas dúvidas!

Porque o novo padrão?

A ABNT afirma que o modelo reduz o risco de choques elétricos e se adapta melhor a 80% dos aparelhos que são produzidos nos dias de hoje. O custo benefício também sai mais em conta pra os consumidores e as empresas.



O que são plugues e tomadas padronizados?

As tomadas agora terão sempre três furos, dois ou três pinos redondos. Não serão mais utilizadas tomadas com o pino chato. O diâmetro é de 4mm ou 4,8mm. Aparelhos que operam com até 10 amperes usam o plugue com pinos de 4 mm, e que os que trabalham entre 10 e 20 amperes plugues, com 4,8 mm de diâmetro.

Para o que serve o terceiro pino?


Esse terceiro pino pode não parecer importante, mas é. Ele veio para substituir o fiozinho que vinha em aparelhos como geladeira e microondas. Ele é indicado para aparelhos que precisam de aterramento, ou seja, aqueles que quando entram em curto provocam choques-elétricos.

Quais as vantagens?

Esses formatos impedem o contato acidental com o dedo na hora de plugá-lo na tomada, evitando o choque. Ele também reduz a sobrecarga e os danos ao eletrodoméstico e à instalação.