Prótese de Silicone - Fotos e Preços

Próteses de silicones são usadas por muitos brasileiros e pelo mundo todo com a finalidade de aumentar partes desejadas de seu corpo, seios,nádegas,pernas, deixando-os mais volumosos.Hoje em dia com o avanço da tecnologia no ramo da medicina, a cirurgia para colocação dos próteses estão ficando cada vez mais seguras.

Atualizado em
Atualizado em
Prótese de Silicone

Está cada vez mais frequente o uso de próteses de silicone, e o diferencial é que agora não só as mulheres que o utilizam, pois cada vez mais aumenta o número de homens que fazem uso do silicone para moldar seu corpo com a finalidade de criar tonos musculares artificiais.Diversos são os locais em que as pessoas inserem próteses de silicone, entre os mais usuais estão os seios, nádegas, peitoral (homens) e bíceps (homens).Mulheres muitas vezes insatisfeitas com o tamanho de seus seios fazem uso de próteses de silicone para deixá-los mais volumosos e com a posição que melhor as agrade (mais próximos, mais afastados, mais para cima ou para baixo).

Prótese de Silicone

O homem da atualidade, cada vez mais preocupado com a aparência física e cuidados pessoais, também estão fazendo o uso de próteses para modificar o seu corpo a fim de deixá-los com aparência de mais musculosos. Para isto eles inserem próteses de silicone, em cirurgiões plásticos, em locais como peitorais, panturrilha e quadríceps (pernas). Hoje em dia devido a facilidade para pagamento de cirurgia para a colocação de próteses de silicone, o número de pessoas que fazem esse tipo de cirurgia aumentou consideravelmente.

Perguntas Frequentes Sobre Próteses de Silicone

Prótese de Silicone

1 – Qual o momento adequado para colocar uma prótese?

De modo geral, é recomendado pelos especialistas uma idade mínima de 17 ou 18 anos (para mulheres que queiram colocar prótese nos seios), quando há desenvolvimento completo da mama. Mulheres que pretendem engravidar não devem colocar próteses de silicone, porque após a amamentação a mama pode tomar outro formato. Em muitas mulheres ocorre a diminuição de tamanho da mama devido a atrofia das glândulas mamárias.

2 – Como a cirurgia ocorre?

Normalmente é feita com anestesia local e sedação ,mas em alguns casos utiliza-se anestesia geral ou peridural. Dura entre uma hora e meia e duas horas, aproximadamente. A paciente pode ter alta no mesmo dia dependendo de cada caso.

3 – Como é o pós-operatório?

A dor é maior nas primeiras 48 horas. Um dreno é colocado para evitar acúmulo de secreções e pode ser  retirado em um ou dois dias. Em quatro ou cinco dias, é possível voltar ao trabalho, desde que ele não exija muito esforço físico. Os exercícios podem ser retomados após 60 dias.

4 – A cirurgia deixa cicatrizes fortes?

Cicatrizes são inevitáveis, porém não são grandes e ficam escondidas. O corte para colocação da prótese pode ser feito sob a mama (no sulco entre o seio e o tórax), ao redor da aréola ou na axila.A cicatriz costuma der de 4cm para uma prótese de 260ml em média.

5 – O resultados definitivos começam a aparecer quando?

Após a cirurgia há um inchaço que leva cerca de dois meses para desaparecer. O formato definitivo do seio só aparece em torno de seis meses após a cirurgia.

6- A prótese impede da mulher amamentar?

Não, pois ela é colocada sob o músculo ou entre o músculo e a glândula mamária. Segundo André Colaneri, isso não interfere no crescimento do seio durante a gravidez e na amamentação. Os ductos mamários, que conduzem o leite, não são cortados durante a cirurgia. Mas, após a amamentação, em algumas mulheres as mamas mudam de tamanho.

7 – Os problemas são indicados por quais sinais?

Quando for detectado problemas como assimetria das mamas, quando uma fica mais dura ou mais alta ou quando há sinais de nódulos ou caroços e dores, o paciente deve procurar o médico responsável.

8 – É verdade que o silicone pode causar câncer e outras doenças?

No início, especialistas especularam se as próteses poderiam aumentar o risco de tumores. No entanto, diversos estudos não confirmaram essa suspeita. Um acompanhamento feito com mais de 13 mil mulheres chegou a conclusão que a prótese não estava relacionada nem ao aumento do risco de tumores nem ao atraso no diagnóstico.

9 – Qual o preço da cirurgia?

Entre R$ 8 mil e R$ 10 mil, havendo variações de preço dependendo do cirurgião e da complexidade da cirurgia.

10 – A prótese tem validade? Qual?

Não há uma data certa estipulada pelos médicos para a troca das próteses. As mais antigas precisam de acompanhamento após dez anos, aproximadamente, para checar como está a situação do produto. Próteses mais modernas duram em torno de 15 ou 20 anos, segundo especialistas.

11 – O acompanhamento, como deve ser?

A mulher pode acompanhar a situação da prótese por meio de exames de rotina, como ultrassom e mamografia. Quando há dúvidas, o melhor exame é a ressonância magnética.

12 – Qual o perigo do vazamento do silicone?

Quando ocorre, pode provocar uma inflamação crônica nos tecidos vizinhos, e pode levar à perda de tecidos.

13 – Como ocorre a operação para troca da prótese?

Quando feita no momento certo e a prótese ainda não se rompeu, costuma ser mais simples e mais rápida do que a primeira cirurgia. Isso porque o médico usa a própria cicatriz existente e não há necessidade de colocação de drenos, pois não há muita eliminação de secreção.

14 -Existe risco de rejeição à prótese?

Segundo os médicos, não. A rejeição envolve a formação de anticorpos, algo que não acontece com um material inerte como o silicone.

Próteses das Nádegas

O tamanho do bumbum depende dos músculos glúteos e da gordura que ali se acumula em maior ou menor quantidade. Nos homens e mais nos atletas a musculatura glútea é desenvolvida e a quantidade de gordura é menor. As nádegas ficam mais achatadas e flácidas com o passar do tempo pela diminuição do volume da massa muscular e redução do depósi-to de gordura.
Uma boa opção para aumento do glúteo é a bioplastia que vem crescendo muito nos últimos anos informa o médico Roberto Chacur, pois o procedimento é muito rápido, sem cortes, sem pós operatório. Mais informações podem ser encontradas no site www.bioplastia.med.br

Problemas com as próteses de silicone

Porém  nem tudo são flores, próteses de silicone em casos especiais podem vir a causar problemas como rejeições, infecções, aparecimento de caroços,nódulos,dores e nódulos. Esses problemas podem ser minimizados se o profissional, cirurgião plástico, é competente e capacitado para efetuar suas cirurgias, estudando cada paciente com o máximo de detalhes, buscando evitar os problemas mencionados anteriormente.

Fotos

Nas fotos abaixo estão ilustradas fotos dos principais locais em que se fazem a inserção de próteses de silicone, e fotos das próprias próteses em seus diversos tamanhos e formas.

Até o momento temos X comentários no Facebook