O novo salário mínimo de 2012 será de R$622,00 reais, mais dinheiro no bolso do trabalhador brasileiro. O valor foi reajustado com base em cálculos da Inflação e PIB ( Produto Interno Bruto). Confira quanto isso vai custar para os cofres públicos e quanto esse aumento injetará na economia do nosso País.

Novo Salário Mínimo em 2012

O novo salário mínimo de 2012 será de R$622,00 reais, mais dinheiro no bolso do trabalhador brasileiro. O valor foi reajustado com base em cálculos da Inflação e PIB ( Produto Interno Bruto). Confira quanto isso vai custar para os cofres públicos e quanto esse aumento injetará na economia do nosso País.



Em nota do Diário Oficial da União desta segunda-feira (26) traz o decreto da presidente Dilma Rousseff que fixa o novo salário mínimo brasileiro em R$ 622. A mudança na remuneração básica entra em vigor no dia 1º de janeiro de 2012, entretanto só cairá na conta do brasileiro no dia 1º de fevereiro.

O reajuste do mínimo foi assinado pela atual presidente, Dilma Rousseff, antes da mesma entrar de férias, que teve um aumento de 14,13% em relação ao atual valor. Apesar dessa alta, o valor ficou um ligeiramente abaixo do aprovado pelo Congresso Nacional na quinta-feira (22), que previu a remuneração em R$ 622,79 no Orçamento.


Apenas em um parágrafo, o texto informa que o “valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 20,73 e o valor horário a R$ 2,83”. Durante a maior parte de 2011, o valor do salário mínimo foi de R$ 545.

Em fevereiro deste ano, o cálculo utilizado para a definição do mínimo foi o aprovado pelo Congresso.



De acordo com a nova regra, o salário mínimo será reajustado com base na inflação do ano anterior somado ao crescimento da economia de dois anos antes, ou seja, o novo mínimo leva em conta a inflação de 2010 e o PIB (Produto Interno Bruto) de 2009.

A fórmula de reajuste, que vai até 2015, pode levar o mínimo a superar os R$ 800 daqui a quatro anos.  Para se ter uma ideia dos gastos em nível nacional, o aumento de R$ 1 no salário mínimo equivale a uma elevação de gastos de cerca de R$ 300 milhões.

Portanto, o aumento do mínimo para 2012, que é de R$ 77, vai representar uma despesa extra de R$ 23 bilhões para o governo, que terá de reajustar também o valor pago aos aposentados que recebem o mínimo.


Injeção na Economia

O novo salário-mínimo de R$ 622, que, como já foi dito anteriormente,  entrará em vigor a partir de 1° de janeiro de 2012, deve injetar R$ 47 bilhões na economia do país no próximo ano, segundo a estimativa divulgada nesta terça-feira pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, o Dieese.  Há estudos que estimam que pelo menos 48 milhões de pessoas fazem parte das classes de trabalho que irão ter os salários elevados.