Conheça um pouco mais sobre a síndrome de asperger, quais sua relação com o autismo, e como você pode lidar com uma pessoa portadora da síndrome.

Síndrome de Asperger

Conheça um pouco mais sobre a síndrome de asperger, quais sua relação com o autismo, e como você pode lidar com uma pessoa portadora da síndrome.



A Síndrome de Asperger, também conhecido e intitulado como transtorno de Asperger ou desordem de Asperger,  é um Transtorno de origem Global do Desenvolvimento (TGD), que é uma resultante de alteração genética desordenada , e que se assemelha bastante a outra alteração genética, que é o autismo.

Entretanto, diferentemente do que ocorre no autismo, a criança com a síndrome de Asperger não apresenta atrasos significativos nem no desenvolvimento da fala, nem sofre com comprometimento cognitivo grave. Duas características são peculiares aos portadores da síndrome, como a fixação em um tema em específico, por exemplo, a criança quando gosta de alguma coisa, como robôs, ela fala repetidamente nesse mesmo assunto, a outra característica, é a possível habilidade de memorização de sequências matemáticas ou de mapas.


Já na infância, as crianças portadoras da síndrome apresentam relativo déficit no seu desenvolvimento motor e podem ter dificuldades em fazer operações básicas com as mãos, como por exemplo segurar um lápis ou uma colher.

Como lidar com  a Síndrome de Asperger

A recomendações que são dadas as pessoas de como lidar com a Síndrome de Asperger,  são bastante semelhantes em relação as que possuem autismo, ou seja, deve-se, por exemplo, respeitas o tempo de aprendizagem desse aluno na escola, estimular a comunicação, deve ainda tentar mantar o máximo de clareza e objetividade em suas conversas, buscando evitar qualquer tipo de distúrbios na compreensão do que deve ser feito