Descoberta em 1883, a Síndrome de Fournier é uma doença bacteriana que provoca a morte de células da região genital, requer tratamento sério e bem feito.

Síndrome de Fournier

Descoberta em 1883, a Síndrome de Fournier é uma doença bacteriana que provoca a morte de células da região genital, requer tratamento sério e bem feito.

doencasSão várias as doenças raras que podem afetar qualquer pessoa, algumas delas podem ser bastante perigosas, provocando graves infecções, um desses exemplos é a Síndrome de Fournier, uma rara doença que provoca uma infecção bacteriana na região genital, matando todas as células da região, o sintomas são semelhantes aos da gangrena, como inchaço, escurecimento da pele e odor desagradável.

Os casos da síndrome de Fournier são mais comuns em homens, idosos ou crianças em estado debilitado, mas podem ocorrer em mulheres. A síndrome de Fournier não é contagiosa e possui tratamento para a cura.

Tratamento

O tratamento da Síndrome de Fournier é feito a base de antibióticos, e normalmente inclui cirurgia para retirar o tecido morto. Os cuidados de enfermagem são fundamentais no tratamento, já que é necessário a troca constante de curativos, além da limpeza e aplicação de antibióticos.

Como a doença é bastante agressiva com o corpo, chegando a ser necessário retirar tecidos, alguns pacientes necessitam também de tratamento psicológico, para conseguir obter bons resultados no tratamento.

[youtube]AclNDEu96A8[/youtube]

Causas

As causas ainda não foram descobertas de forma exara, porém sabe-se que está relacionado ao desenvolvimento bacteriano e tudo que contribui para isso, como:

  • Lesões da região da virilha;
  • Falta de higiene pessoal;
  • Baixa vascularização na região;
  • Obesidade mórbida;
  • Diabetes;
  • Pequenas infecções mal tratadas;
  • Hematomas formados por pancadas;
  • Excesso de pele que acumulem bactérias;

Jean-Alfred_FournierHistória

A doença foi publicada em 1883, foi descoberta pelo médico Jean Alfred Fournier, que descobriu a doença após analisar o caso de cinco de jovens sadíos que tiveram essa patologia e acabaram morrendo. Na época os fatores causadores da síndrome de Fournier não foram identificadas, atualmente em cerca de 25% dos casos os médicos conseguem identificar o fator causador.