Veja algumas dicas para se investir no Tesouro Direto sem gerar problemas no futuro

Tesouro Direto

Veja algumas dicas para se investir no Tesouro Direto sem gerar problemas no futuro



Tesouro Direto

Já pensou em investir suas economias no Tesouro Direto?  Geralmente, quando passamos por um momento de crise, as pessoas buscam alternativas para assegurar seus negócios. Uma das saídas é esse tipo de investimento. O Tesouro Direto é um programa de vendas de títulos públicos. Esse títulos são ativos de renda fixa e possuem, captando recursos para o financiamento da dívida pública, proporcionando financiamento do Governo Federal, como por exemplo, a educação, saúde e infraestrutura.

Vantagens

Listamos algumas vantagens que você pode obter investindo no Tesouro Direto.


  • Com um valor de R$ 100 reais, você já pode adquirir Títulos
  • O gerenciamento capacita o investidor a escolher Títulos de curto, médio ou longo prazo
  • É possível escolher Títulos que vão render de acordo com índices de inflação, taxa SELIC ou prefixados.
  • O Tesouro Nacional garante a recompra do seu Título todas as quartas-feiras, gerando alta liquidez.
  • O IR é cobrado somente na hora da venda ou do vencimento do Título, isso significa que você pagará apenas o que render no seu investimento de IR; as taxas de administração e custodia são baixas
  • Depois da data de vencimento, o seu valor investido será debitado automaticamente em sua conta

Tesouro Direto ou Fundos de Renda Fixa?

Além das vantagens citadas, investir no Tesouro Direto faz com que você se livre de intermediários, ou seja, não é preciso pagar para instituições financeiras a taxa de administração que é cobrada para se gerenciar títulos. Muitos Fundos de Renda Fixa investem os patrimônios em Títulos Públicos.

Venda

Para realizar a venda de um Título, assim como a compra, é preciso entrar na área exclusiva e informar a quantidade ou o valor de cada Título que você pretender vender. Com isso, a CBLC, após receber o Tesouro Nacional com o valor referente aos Títulos, debitará a quantia da Conta de Custódia do Investidor, repassando o dinheiro para o Agente de Custódia, responsável pelo recolhimento dos impostos e os repasses.
Já em relação aos limites estabelecidos nas operações de venda, o Tesouro Nacional recompra os Títulos adquiridos diretamente, todas as quartas-feiras, sem limitação de valor, desde que sejam múltiplos de 0.2.



Títulos para se investir

  • LTN: Letras do Tesou Nacional
  • NTN-F: Notas do Tesouro Nacional Série F
  • NTN-B: Notas do Tesouro Nacional Série B
  • NTN-B Principal
  • NTN-C: Notas do Tesouro Nacional Série C
  • LTF: Letras Financeiras do Tesouro

Fique atento aos horário de atendimento

O site fica a disposição do investidor 24 horas por dia. Para realizar compras, é possível utilizar o sistema entre às 9h de um dia até às 5h do dia seguinte. Nos fins de semana, é possível comprar entre às 9h de quinta-feira e às 5h de sexta-feira. As negociações ficam suspensas entre as 17h da quarta-feira e às 9h da quinta-feira, horário do início do mercado. Isso acontece para evitar que as decisões do comitê sobre a taxa básica de juros (a Selic) possam atrapalhar ou afetar as negociações.